30 mai/15

Virada Cultural Paulista começa hoje em Ribeirão

postado por Diogo Branco

Depois de três anos consecutivos fora da Virada Cultural Paulista, Ribeirão Preto volta hoje a fazer parte do circuito de cidades que recebem o evento no interior de São Paulo. Das 18h deste sábado (30) às 20h de domingo (31), o público poderá conferir apresentações de dança, música, teatro, cinema, stand-up comedy, artes visuais e literatura. O grupo paulistano IRA! é uma das atrações principais.
A entrada é gratuita.




Scandurra e Nasi da banda IRA! (Foto:Rui Mendes/Divulgação)




Confira a programação completa:


DIA 30/05 (sábado)




DIA 31/05 (domingo)




Os ingressos devem ser retirados no teatro com uma hora de antecedência do espetáculo escolhido.
Maiores informações no site da
Virada Cultural (clique aqui)

29 mai/15

Naked Cake de Doce de Leite

postado por Carol Quartim

Esse bolo é super fácil de fazer e faz parecer que você é um super confeiteiro!


 

Você vai precisar de:
4 ovos
4 colheres (sopa) de farinha de trigo
4 colheres (sopa) açúcar
1 colher (chá) fermento em pó 
4 latas de leite condensado
Frutas Vermelhas
Açúcar de Confeiteiro

Modo de preparo:

Bata as claras em ponto de neve (bem firme), vá acrescentando o açúcar aos poucos e depois as gemas. Depois a farinha também aos poucos e por último o fermento. Eu uso pra assar uma forma de fundo removível, e eu encapo a parte removível com papel alumínio. Asse em forno pré-aquecido a 180 graus por aproximadamente 40 minutos, ou até que esteja assado. Vai depender do seu forno. Pra que o bolo saia com lateral perfeita, assim que tirar o bolo do forno, passe uma faca ao redor de todo o bolo. É importante que não seja uma faca de serra, e que passe bem rente à forma e de uma vez só sem tirar a faca. 
Nesse bolo eu uso três discos. O recheio é doce de leite, aquele feito com a lata de leite condensado cozida na pressão. Só colocar a lata na panela de pressão com água e deixar cozinhar por 40 minutos depois que pegar pressão. 
Pra montar comece com uma camada de bolo, umedeça o bolo com uma calda leve de açúcar e distribua o doce de leite delicadamente. Deixe um dedo nas bordas sem o doce de leite, pois é o espaço que precisa pra ele escorrer na medida exata. Repita o mesmo procedimento na segunda camada. Na última camada não umedeça o bolo, senão o açúcar de confeiteiro não pega. Ai é só polvilhar o açúcar de confeiteiro com uma peneira fina e enfeitar com as frutas vermelhas. 

Divino.

 

Esperando pelas fotos de vocês!!!



Carol Quartim é mãe da Maria, cozinheira, corinthiana e vencedora do programa "Cozinheiros em Ação" do canal GNT.
IG: @carolquartim


 



 


28 mai/15

Sutiã aparecendo? Pode sim

postado por Beatriz Oliveira

A lingerie passou de peça íntima para um acessório. As mulheres começaram a dar mais atenção na hora de fazer compras e até deixaram que ela aparecesse propositalmente nas suas produções, claro, com alguns cuidados. O “sexy sem ser vulgar” é o que conta por aqui.



Os modelos rendados são meus preferidos para usar com blusas decotadas ou transparentes. Eles dão um ar romântico e seguram bem a sensualidade da produção. Mas tem um modelo que anda chamando bastante a atenção: o strappy bra.
 O sutiã com tiras, finas ou grossas, em várias posições na área do colo ou nas costas cria desenhos geométricos na pele e valorizam as blusas mais decotadas se transformando em um detalhe a mais no look. Eles são perfeitos para usar com blusas com decotes nas costas, sabe aquelas chatinhas que você acaba não usando por ter problemas com o sutiã?  





Com blusas rendadas ou transparentes. Não tem regras para a combinação: preto com blusas brancas, brancas com blusas pretas ou coloridos, com spikes ou tachinhas. Isso depende do gosto e personalidade de cada um. Caso ele for mais compridinho você pode até usar como cropped com peças de cintura alta.
Sobre os cuidados a serem tomados: a velha regra do equilíbrio. Se você vai escolher algo mais decotado tanto na frente ou nas costas, opte por peças curtas na parte de baixo.







Não sabe onde encontrar? Tem alguns modelos no site da Loungerie (www.loungerie.com.br) e da Hype It (www.hypeit.com.br).
Eu não achei para comprar em loja física, mas quem souber de alguma aqui na região de Ribeirão Preto me manda um e-mail que a maioria das minhas amigas estão loucas para começar a usar.

Me conta o que você acha dessa tendência também! Quero a participação de vocês por aqui.




*





Beatriz Oliveira é jornalista e apaixonada pelo mundo da moda.
Quer conhecer mais sobre o seu trabalho? É só acessar o site Cochichos e Brioches.





27 mai/15

Crítica do filme "Mãe e Filho" por Mateus Barbassa

postado por Mateus Barbassa

Que belo filme é “Mãe e Filho” de Alexandre Sokurov.
Um filme onde se é necessário estar distraído para que as coisas aconteçam...



“Mãe e Filho” conta uma história muito simples, uma mãe está doente e um filho cuida dela.
Essa é a história, no entanto nas mãos de Sokurov o enredo ganha contornos outros.
Centrado o tempo todo na relação dos dois, o filme tem um forte poder de transe no espectador, parece que não acompanhamos meramente um filme, mas, sim, que vivenciamos junto com o filho aquele jornada, parece que nos tornamos a mãe dele.
O filho leva a mãe para passear, conta histórias, lê cartões postais antigos e trocam confidências de quando ele era apenas uma criança e ela uma mãe que temia perdê-lo.
É um filme lento, feito de silêncios, de pequenos gestos, de paisagens bucólicas, tristemente belas e sublimes...
Quando o filho leva a mãe para um passeio acompanhamos todo aquele percurso, atentos não pelo racional, mas por algum outro sentimento, talvez o de empatia, ou de felicidade, ou de tristeza... sei lá... é o mesmo sentimento que o filho nutre pela mãe, não tem como classificar, apenas é.




Sokurov domina perfeitamente toda a questão envolvida no ato de filmar, sabe que fazer cinema não é apenas retratar, mas, transcender e isso ele faz o tempo todo.
Suas imagens transpiram vida e melancolia, encharcados de uma nostalgia e lirismo sem fim... o barulho do vento, o desenho que o vento faz nos trigais, os pássaros “cantando” ao fundo, o homem que passa ao longe pela janela... tudo contribui para que o espectador embarque nessa fábula atemporal de Sokurov.
O ator Alexei Ananishnov que interpreta o filho consegue transmitir tanta coisa através de um olhar, de um meio sorriso, de um leve toque de mãos e atriz Gudrun Geyer que faz a mãe atua com um imenso domínio da presença e magnetismo que exerce no filho.
Sokurov não cai no erro de contar ao espectador como as coisas aconteceram para que tudo degringolasse naquela situação. Ele apenas pede a aquiescência do espectador à sua história simples e recompensa àqueles que embarcam em sua história com seqüências maravilhosas, verdadeiro quadros vivos e metafóricos e belos.
Ao falar sobre morte, Sokurov fez um dos mais contundentes libelos da vida.
O diretor esfrega na nossa cara nossa própria mortandade, nossa falibilidade perante a vida.
A seqüência final do passeio solitário do filho pelos arredores, enquanto a mãe descansa na casa é tão tocante, que não vou me atrever a descrevê-la, pois seria reduzi-la.



Digo apenas que Sokurov atinge em imagem a própria noção de vida e morte.
Onde as palavras faltam, as imagens falam por si e se redimensionam por si mesmas.
A morte ronda tudo, tudo ali está impregnado pela ausência e a própria Natureza parece triste pela morte eminente da mãe do rapaz. E a chegada da chuva, personificada pelas negras nuvens que se aproximam cai em forma de lágrimas dos olhos do filho... e talvez, também as do espectador. Ao fim da história e enfim sobra apenas o filho. Um dos filmes mais sublimes que já vi.

 




*






Mateus Barbassa é ator, diretor teatral e crítico de cinema

25 mai/15

Seu Jorge se apresenta em Ribeirão

postado por Diogo Branco

♫ Com o dom de criar um elo entre o povo e a elite usando sua musicalidade e presença de espírito, o músico carioca Seu Jorge é uma das atrações musicais em cartaz no Centro de Eventos RibeirãoShopping. Com o show "Músicas para Churrasco Vol. 2", o cantor promete um show cheio de suingue e samba-rock.



O show acontece no dia 8 de agosto, com tempo suficiente para os fãs se programarem para mais um show imperdível. Como de costume, Seu Jorge irá relembrar também alguns de seus maiores sucessos, tais como "Burguesinha", "Carolina", "Tive Razão", "Salve Jorge", entre dezenas de hits do seu vasto repertório. O show é baseado no disco que foi lançado em abril deste ano e já está nas paradas de sucesso com a faixa "Motoboy".



Em edição da gravadora Univesal Music, o disco
"Músicas para Churrasco Vol. 2" traz na capa uma alusão aos anúncios de carne dos açougues e supermercados, e é um agitado álbum de inéditas. Os fãs podem esperar por um show animado e emocionante, como não poderia deixar de ser.

♪ 

Os ingressos do show já estão à venda pela internet (clique aqui) e na bilheteria local do show.


SERVIÇO

Seu Jorge apresenta "Músicas para Churrasco Vol. 2"
Data: 08/08/2015 (sábado)
Local: Centro de Eventos RibeirãoShopping
Horário:  21h
Endereço: Av. Cel. Fernando Ferreira Leite, 1.540 - Jd. Califórnia
Preços: R$ 90 a R$ 320
Maiores informações: (16) 3620-2266




21 mai/15

Circuito TUSP de Teatro chega a Ribeirão em sua 12º edição

postado por Diogo Branco

Com o intuito de criar um espaço de contato com uma produção teatral de qualidade e gerar debates que possam formentar a formação teatral, o Circuito TUSP de Teatro chega a Ribeirão em sua 12º edição. Nessa edição do Circuito TUSP as peças traçam um panorama de questões ligadas ao gênero feminino, cuja opressão resulta de uma construção histórica desigual que abarca aspectos sociais, raciais, sexuais e identitários.
 
O evento trará quatro espetáculos convidados –Carne, da Kiwi Companhia de Teatro, {ENTRE}, do Coletivo Negro, Frida Kahlo – calor e frio, da Estelar de Teatro eMonga, do In Bocca al Lupo Criações. Além das apresentações será realizado o workshop: O Ator como Manipulador de energias – investigando o feminino na cena, coordenado por Viviane Dias e Ismar Rachmann, da Estelar de Teatro. A oficina utiliza práticas de treinamento baseadas no método do diretor e pedagogo Jurij Alschitz.
 






SERVIÇO

XII CIRCUITO TUSP DE TEATRO
26 A 31 DE MAIO EM RIBEIRÃO PRETO

No dia 26 de maio, às 21 horas, no Teatro Santarosa, (Praça Rotary Club, 325, Ribeirão Preto), a peça Frida Kahlo: calor e frio, da Companhia Estelar de Teatro, abre o circuito. Por meio de artes performativas, música, dança e poesia, os artistas retratam o universo da pintora Frida Kahlo e o momento vivido pela América Latina no início do século 20.

No dia 27 de maio, às 20 horas, na UGT-Memorial da Classe Operária, (Rua José Bonifácio, 59, Ribeirão Preto), a Companhia de Teatro Kiwi apresenta o projeto artístico Carne, que tem o objetivo de discutir as relações de gênero, destacando a violência contra as mulheres no Brasil.

Já no dia 28 de maio, às 20 horas, também na UGT, é a vez do Coletivo Negro, com o espetáculo {Entre}. A apresentação traz a trajetória de quatro vidas, aparentemente comuns, que mesmo diante da adversidade revelam um sentido de preservação e celebração em suas histórias.

E no dia 29 de maio, às 20 horas, na UGT, a peça Monga, do In Bocca al Lupo, traz a história de uma mulher que transforma em um macaco-monstro. A peça mostra o sofrimento de uma mulher por seu isolamento e pela exploração de sua imagem primata.

Também será realizado o workshop O Artista como manipulador de energias – investigando o feminino na cena, coordenado por Viviane Dias e Ismar Rachmann, que será nos dias 30 e 31 de maio, sábado e domingo, das 14 às 18 horas. O workshop é gratuito, para maiores de 18 anos, e as inscrições devem ser feitas, até 28 de maio, pelo e-mail tuspribeirao@gmail.com, com o assunto”Inscrição workshop Circuito 2015″. O corpo do e-mail deverá conter nome completo, data de nascimento, telefone e pequena carta de interesse. Será na Seção de Atividades Culturais, na Rua Pedreira de Freitas, Casa 3, Ribeirão Preto. 

Na programação práticas de treinamento diversificadas: meditações ativas; performatividade; energia – análise do tema e práticas de uso pelo participante; o ator-autor e o ator-diretor; criação a partir do cruzamento com as artes visuais, a dança e a música ; composição – estudos e práticas e o texto no teatro em tensão com a dramaturgia cênica.


 

Espetáculo {Entre} abrindo a 12º Edição do Circuito TUSP em São Carlos. Foto: Andre Murrer/Arquivo Pessoal


19 mai/15

The Mavens Telescope lança disco de rock autoral em Ribeirão

postado por Diogo Branco

No próximo dia 11 de junho, a banda The Mavens Telescope realiza o show de lançamento do seu primeiro álbum, The Seed of True Existence, em uma apresentação que envolve experiências sonoras e visuais, no SESC Ribeirão Preto.
A The Mavens Telescope é um projeto de Rock autoral com músicos de Ribeirão Preto e região, que nasceu em Ribeirão Preto em 2013, mas a semente do projeto é cultivada desde 2004, nos diferentes projetos musicais que seus integrantes Jonas Ariel (vocal), Thales Posella (guitarra), Beto Ferrari (bateria) e Flávio Anchieta (baixo) participaram.
As letras do álbum falam das relações interpessoais nos tempos atuais, e a sonoridade tem influências do Indie Rock, com grooves mais pesados e um tempero de música eletrônica. Este show conta com todas as músicas do álbum e mais alguns sons escolhidos pela banda para incrementar o show de estreia.



Para completar a noite, haverá uma performance audiovisual, com a exibição de Video Mapping, técnica que consiste na projeção de vídeo em objetos ou superfícies irregulares, assinada pelo artista audiovisual Victor Pardinho. 



SERVIÇO:
Show da banda The Mavens Telescope
Data: 11/06/14
Local: SESC Ribeirão Preto (Galpão de Eventos)
Horário: 20h30
Endereço: Rua Tibiriçá, 50 - Centro

Os ingressos custarão R$ 17,00 (inteira), R$ 8,50 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 5,00 (trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo credenciados no SESC e seus dependentes – CREDENCIAL PLENA). Mais informações pelo telefone (16) 3977.4477. 

18 mai/15

Calando o Coração

postado por Cristiane Bezerra


Aos olhos dos outros, ela parecia ter tudo!
O apartamento duplex na cobertura, no lugar mais concorrido da cidade.
O marido bonitão e perfeito. Rico, bonito, inteligente.
O filho, formado numa das melhores faculdades.
O carro dos sonhos na garagem. Além de helicóptero de prontidão.
Desfilava jóias, 
roupas caras, sapato de sola vermelha, sorriso triunfal.
Alegrava o ambiente, onde chegava.
Recebia convites para as melhores festas, ia a cruzeiros, voava a Paris ou Miami sempre que queria renovar o guarda-roupas ou espairecer um pouco.
Motorista, segurança, governanta, cozinheira.
Tratava a todos com carinho e respeito.
Admirada, respeitada, invejada ao extremo.
De repente, numa manhã chuvosa, começou a se sentir perseguida, vigiada, cansada.
Arrumou-se com esmero. Esperou sua maquiadora.
Escova nos cabelos, pronta para mais uma maratona de passeios, convenções sociais, sorrisos fáceis e bajulações.
Parou, olhou-se no espelho. Respirou um suspiro lânguido e pesaroso. Dirigiu-se ao piso superior, na direção entre a piscina e o heliponto da família.
E voou seu voo de liberdade, sem helicóptero, sem asa delta, sem paraquedas.
O corpo resplandecia uma curiosa beleza inocente, o perfume Chanel invadiu o hall de entrada, misturado ao sangue fino e tranqüilo saindo dos ouvidos e de suas narinas.
Susto, revolta, desespero, correria.
Como assim?
Como dar as costas a uma vida de luxo, riquezas, os prazeres mais ambicionados por mortais de todo o mundo?
Nenhum bilhete de adeus.
Nem o menor sinal de arrependimento perpassava seu semblante.
Havia sim, um sorriso que insistia em permanecer no seu rosto.
O mesmo sorriso que abriu ao abrir os braços e lançar-se à frente, do trigésimo andar daquele famoso prédio da zona nobre.
Assim como foi nobre a vida inteira seu coração – a uma única amiga e a mais ninguém fez sua confissão.
Sua vida era na essência, tédio e sofrimento.
Queria ser ela própria, andar descalça, cabelos ao vento, gostava da simplicidade. Suas conversas com os serviçais eram seus grandes momentos. Eles diziam o que pensavam, sem medos, sem “puxa-saquismos” ou arrependimentos.
Surpreendera-se com a descoberta de que o marido, seu grande amor, tinha gostos sexuais estranhos, visitava casas de swing e outras orgias, saía com homens e mulheres.
Tentou a separação e foi ameaçada – jamais ele permitiria um escândalo, sempre representaram o casal modelo e isto não se modificaria.
A partir de então, o inferno se instalou na forma mais contundente – nenhum passo dela era dado sem o acompanhamento da secretária do marido, também sua amante e cúmplice.
Viver como?
E pra quê?
Se morta estava em vida, melhor doce e elegantemente, a própria morte escolher...


Cristiane Framartino Bezerra é escritora, historiadora e angelóloga.

crisframartino@hotmail.com
 

17 mai/15

Reunião do Farofa no Botequim Ribeirão

postado por Diogo Branco

Mais uma deliciosa reunião do Farofa Cultural aconteceu no Botequim Ribeirão no último sábado (16). Deliciosa não apenas pelo fato de estarmos entre grandes amigos, mas também pela qualidade do atendimento e pelas excelentes opções que o cardápio oferece. O Botequim ainda conta com música ao vivo e diversos ambientes, todos aconchegantes e cheios de requinte.


As escritoras Cristiane Framartino Bezerra e Juliana Sfair, celebrando o sucesso do site.







O cardápio é variado e atende a todos os gostos e bolsos.  
São deliciosas porções e pratos preparados com muito capricho que garantem o sucesso da casa. Uma boa dica é experimentar os pratos da promoção "Open Food" que a casa oferece de terça a quinta, um caprichado rodízio de comida de boteco.  Vai perder?







A escritora Juliana Sfair com sua deliciosa batida de coco, um dos sucessos do cardápio.









A música ao vivo é tradição da casa. O elo com a boa música e com a cultura são notáveis: os cantores sempre selecionam músicas de extrema qualidade para que os clientes da casa se sintam realmente satisfeitos. Você pode ficar por dentro da agenda musical do Botequim acessando a página oficial no Facebook (clique aqui ).



 


Diogo Branco - idealizador do Farofa Cultural.




Thiago Moura
Thiago Moura e Diogo Branco curtindo a noite no Botequim Ribeirão







O clima das reuniões do Farofa são sempre festivos, especialmente quando são feitas ao som de um bom músico. 
Que tal fazer como os farofeiros e curtir a sua noite no Botequim Ribeirão?








A casa conta com uma bela estrutura em dois andares, e a decoração é feita com extremo bom gosto. Há também um Espaço Kids para as crianças se divertirem com segurança.






A escritora Juliana Sfair.




O Botequim Ribeirão está sempre com novidades para os seus clientes.
Desta vez, a casa reuniu sugestões para esquentar sua noite: são deliciosos caldos servidos por preços promocionais.
Vale a pena provar.






Gostou? Então fica aqui a nossa dica: se você quer conhecer um bar que alia conforto e sofisticação com um atendimento de primeira, o Botequim Ribeirão se torna uma ótima opção!

*

BOTEQUIM RIBEIRÃO
Avenida Senador César Vergueiro, 984 - Jardim São Luiz
Telefone: (16) 3234-0248

























15 mai/15

Dobradinha de denim

postado por Beatriz Oliveira

Nós já sabemos que jeans é o tecido mais democrático do nosso guarda-roupa.  Com peças lisas, estampadas, texturas diferentes e até com dobradinha de jeans, ele vai com tudo! Tendência anos 90, usar duas, três ou mais peças jeans já foi considerado brega, acredita? Hoje, o look total jeans é uma das produções mais vistas no dia a dia das fashionistas.



Acredito que a maior dúvida na hora de montar o dobro do denim é por causa da mistura de cores. O segredo é não usar muitas informações e deixar a atenção para as lavagens diferentes.
Para quem quer começar aos poucos, a combinação de tons semelhantes é mais usada. Ela fica bem em todas as mulheres e ainda alonga a silhueta. Jeans destroyed, boyfriend ou flare, a principal regra é usar de acordo com a sua preferência e estilo. 





Nada de esquecer os acessórios, eles são os responsáveis para que a composição fuja da monotonia, ou mesmo pequenos truques como dobrar a barra da calça. Podem acreditar, eles fazem a diferença.
Na combinação com os shorts procure camisas de tecidos leves. Quer outra opção? As saias trazem uma produção mais feminina. Aproveitem para usar o comprimento midi que eu comentei por aqui, elas também estão na versão jeans.
 





Outro modo de usar mais de duas peças é combinar calça, camisa e jaqueta para os dias frios ou look total anos 90 com uma modelagem mais larguinha igual o jeans da mamãe com uma jaquetinha. Com vestidos também rola! Dá para combinar vestidos com jaquetas. Coletes também estão valendo.




Quem disse que apenas as mulheres podem se jogar no all denim? Separei quatro opções de looks masculinos. Suspensórios, chapéus, lenços, dobrar a barra da calça e até gravatas borboletas. Os mesmos pequenos truques e acessórios dando a diferença.



Está esperando o quê? Corre para o armário atrás de outras suas peças jeans para montar vários looks e não se esquece de mandar um e-mail para me contar tudo!



*








Beatriz Oliveira é jornalista e apaixonada pelo mundo da moda.
Quer conhecer mais sobre o seu trabalho? É só acessar o site
Cochichos e Brioches


14 mai/15

Grupo Matula Teatro se apresenta em Ribeirão!

postado por Diogo Branco

 
Nos dias 14, 15, 16 e 17 de maio de 2015, o Grupo Matula Teatro estará em Ribeirão Preto!

Contemplados pelo Programa de Ação Cultural – ProAC nº 9/2014, da  Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo e mergulhados no universo imaginário do escritor argentino Julio Cortázar, o  grupo está circulando pelo interior paulista com  um projeto pensado a partir da produção latino-americana do espetáculo IMAGO - uma lua n'água, que estreou em 2014, unindo artistas do Brasil e do Chile em torno da obra de Cortázar.
Ribeirão Preto terá oportunidade de assistir 02 (duas) apresentações do espetáculo teatral IMAGO – uma lua n’ água no Teatro Minaz, 02 (duas) intervenções urbanas Jogos Cortazianos, gratuitas em espaços públicos, além de 01 (um) intercâmbio artístico com atores da Cia Engasga Gato, sediada na cidade.




O espetáculo IMAGO - uma lua n'água é fruto de um mergulho na obra de Cortázar, e traz à tona um imaginário latino-americano povoado de imagens inusitadas e que, surpreendentemente, nos parecem familiares. Transitando entre o fantástico e o cotidiano, a obra do escritor nos transporta para realidades em que tudo é possível, provocando o leitor com ambiguidades, incoerências, múltiplas respostas possíveis, e exigindo participação ativa na construção de um imaginário farto e infinito de significados. Assim, na Intervenção Jogos Cortazianos, com direção de Flávio Rabelo, o Grupo Matula Teatro, explora exercícios de ressignificação do cotidiano e da cidade, de modo que este cotidiano seja atravessado por elementos inesperados, por outras maneiras de lidar com o tempo, e de olhar o de sempre por outra perspectiva.  



O grupo já apresentou este projeto em Mogi das Cruzes e Piracicaba, onde teve grande aceitação do público e, além de Ribeirão, estará em São José dos Campos no próximo mês.
 

SERVIÇO

Intervenção JOGOS CORTAZIANOS
Grupo Matula Teatro (Campinas-SP)
Indicação Etária: Livre / Duração: 90min
Gratuito
Dia 14/05, quinta-feira
Local: 11h – Calçadão Central de Ribeirão Preto (Esquina Rua Álvares Cabral com Rua São Sebastião)
             16h -  Praça XV de Novembro (Esquina Rua General Osório e Visconde de Inhaúma)
 
Espetáculo teatral IMAGO- uma lua n´água
Grupo Matula Teatro (Campinas-SP)
Indicação Etária: 14 anos / Duração: 60min.
Dias 16/05 (sábado) às 20h
       17/05 (domingo) às 19h.
Local: Teatro Minaz
R.Carlos Chagas, 273 - Jardim Paulista, Ribeirão Preto - SP, 14090-190
ENTRADA: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)
INGRESSOS À VENDA NA BILHETERIA DO TEATRO MINAZ
Ingressos antecipados: De segunda à sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h
Mais informações: (16) 3941-2722
 
Intercâmbio Artístico com a Cia Engasga Gato
Local: Sede Engasga Gato
Rua Álvares Cabral, 469 - Centro
Atividade fechada, destinada apenas aos atores da Cia Engasga Gato.
 
 
Sinopse Espetáculo IMAGO – uma lua n’água
Um menino, uma mãe, um músico, uma cozinheira e um peixe escritor viajam juntos em um navio rumo ao Brasil no final da década de 40. Memórias e situações fantásticas emergem e se misturam aos relatos dos passageiros. Para além de suas individualidades, a atenção é levada aos laços que se criam entre eles, a convivência entre estas almas no interior da embarcação que supostamente deveria levá-los a outro lugar.
 
Ficha Técnica do espetáculo IMAGO – uma lua n’água
Direção: Claudia Echenique/Dramaturgia: Leonardo González Torres /Atuação: Alice Possani, Bruno Cardoso, Erika Cunha e Melissa Lopes/Direção de Arte: Anna Kühl / Figurino: Aline Barbosa e Anna Kühl / Maquiagem: Wagner Wakka / Cenotécnicos: skenoFX /Confecção do Painel: Mono González /Apoio Cenográfico: Érico Damineli/ Iluminação: Marcelo Lazzaratto / Trilha Sonora: Silas de Oliveira / Assistência de Coreografia: Gustavo Valezi / Técnicos: Eduardo Brasil e Darko Magalhães / Produção: Quesia Botelho e Thaís Tkatchuk / Design Gráfico: Crioula Estúdio Design / Fotografia: Maycon Soldan / Realização: Grupo Matula Teatro / Indicação Etária: 14 anos / Gênero: Drama / Duração: 60min.
 
Sinopse - Intervenção Jogos Cortazianos
Através de composições poéticas inspiradas na obra de Cortázar, quatro jogadores vestidos de macacões verdes carregam consigo fones de ouvidos e exploram espaços urbanos movimentados na busca pela ressignificação do cotidiano e da cidade. Elementos inesperados convocam a atenção dos passantes para o mundo das pequenas coisas, sobrepondo realidades entre o fantástico e o insignificante.



Ficha Técnica Intervenção Jogos Cortazianos
Direção: Flávio Rabelo / Jogadores: Alice Possani, Bruno Cardoso, Erika Cunha e Melissa Lopes / Produção: Quesia Botelho e Thais Tkatchuk / Criação e idealização: Grupo Matula Teatro.

13 mai/15

Paulinho da Viola se apresenta no Teatro de Arena

postado por Diogo Branco

São consagrados 50 anos de carreira. 
Paulinho da Viola, cantor e compositor famoso por seu nato talento em choro e samba, se apresenta no dia 13 de maio no Teatro de Arena, relembrando seus maiores sucessos.




Promovido pelo SESC, o show chega a Ribeirão com um repertório especial. São clássicos como "Dança da Solidão", "Coração Leviano", "Sei Lá", "Mangueira" e "Pecado Capital". Completa o programa da apresentação uma coletânea de sambas de compositores que ele considera os mais importantes da música brasileira, tais como Cartola, Nelson Cavaquinho, Noel Rosa, Wilson Batista e Geraldo Pereira.
Ao lado de Paulinho, se apresentam os músicos João Rabello (violão), Dininho Silva (baixo), Ricardo Costa (bateria), Adriano Souza (piano), Mário Seve (sopros), Celsinho Silva (ritmista), Hercules Nunes (percussão), Muiza Adnet (voz) e Beatriz Faria (voz).

SERVIÇO

"Show  Paulinho da Viola"
Data: 13/05/2015
Local: Teatro de Arena
Horário: 20h30
Endereço: Alto do São Bento (Morro São Bento), s/nº
Maiores informações: (16) 3977-4472






12 mai/15

Entrevista com Marisa Orth

postado por Diogo Branco

Em sua passagem por Ribeirão Preto com o espetáculo "Romance Volume III", a atriz Marisa Orth falou, com exclusividade, com o Farofa Cultural. A entrevista foi feita pelo diretor teatral Mateus Barbassa. Confira:

09 mai/15

Show celebra centenário de Edith Piaf em Ribeirão

postado por Diogo Branco

A cantora Edith Piaf (1915-1963) é revisitada em sua intensidade no espetáculo "Piaf! O Show", em cartaz no Theatro Pedro II em única apresentação no dia 14 de maio. Quem interpreta Piaf é a cantora francesa Anne Carrere, cujo timbre se assemelha muito com o da homenageada, além, é claro, de sua interpretação buscar trazer um pouco do que foi Piaf, considerada uma das mais importantes do século 20.

Sob a direção de Gil Marsala, o musical conta a história da vida e carreira de Edith Piaf, em dois atos de 45 minutos, sempre relembrando suas canções de sucesso como
"Non, Je Ne Regrette Rien" e "A Quo Ca Sert L'amour".



SERVIÇO
"Piaf! O show"
Data: 14 de maio 
Local: Theatro Pedro II
Horário: 21h
Endereço: Rua Álvares Cabral, 370 - Centro
Preços:
*Galeria: R$ 45 (meia) / R$ 90 (inteira)
*Balcão simples: R$ 75 (meia) / R$ 150 (inteira)
*Platéia, frisa e balcão nobre: R$ 100 (meia) / R$ 200 (inteira)
Maiores informações: (16)  3977-8111



07 mai/15

Gal Costa lança ''Estratosférica"

postado por Diogo Branco

Com lançamento programado para o dia 26 de maio de 2015, Estratosférica (Sony Music), que sucede o laureado Recanto (Universal Music, 2011) e Recanto ao Vivo (Universal Music, 2013) será lançado em vinil e CD.



O 36º disco da baiana Gal Costa chega repleto de novidades. E não que surpresas não façam parte do histórico musical de Gal. Pelo contrário. Mas como sempre, seja pelo seu timbre marcante, sua extensão ou pela sua dramaticidade vocal, ela consegue se superar. Sob a direção artística de Marcus Preto e produção de Moreno Veloso, Gal assume novas parcerias neste disco. Uma delas é com o o compositor paulista Guilherme Arantes, a faixa Vou buscar você pra mim. Outra parceria é com Arnaldo Antunes, na faixa Átimo de som, também muito bem repercutida. O novo trabalho também conta com Ilusão à toa, faixa sucesso na novela Babilônia (abaixo):



Conheça o faixa-a-faixa do novo CD:

1. Sem medo nem esperança (Arthur Nogueira e Antonio Cícero)
2. Jabitacá (José Paes Lira, Junio Barreto e Bactéria)
3. Estratosférica (Céu, Pupillo e Junio Barreto)
4. Ecstasy (João Donato e Thalma de Freitas)
5. Dez anjos (Milton Nascimento e Criolo)
6. Espelho d'água (Marcelo Camelo e Thiago Camelo)
7. Quando você olha pra ela (Mallu Magalhães)
8. Casca (Jonas Sá e Alberto Continentino)
9. Por baixo (Tom Zé)
10. Amor, se acalme (Arnaldo Antunes, Marisa Monte e Cezar Mendes)
11. Anuviar (Moreno Veloso e Domenico Lancellotti)
12. Você me deu (Zeca Veloso e Caetano Veloso)
13. Muita sorte (Lincoln Olivetti e Rogê)
14. Ilusão à toa (Johny Alf, 1961) - faixa bônus





*




Diogo Branco é farofeiro e apaixonado por música