23 abr/16

Teatro Minaz recebe Circuito Indie Festival

postado por Diogo Branco

Ribeirão Preto recebe pela segundo ano consecutivo o Circuito Indie Festival. De 26 a 29 de abril, oito filmes que integram a edição serão exibidos no Sesc Ribeirão.

Com entrada gratuita, serão exibidos dois filmes por dia, às 19h e às 21h, no Teatro Minaz. Os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência no local.

O Festival Indie foi criado em 2001, na cidade de Belo Horizonte e, desde 2007, é realizado também em São Paulo, no CineSesc. Desde a sua origem, a proposta é que o espectador descubra novos diretores, conheça filmografias, e mantenha vivo o seu interesse pelo cinema.

O Teatro Minaz está localizado na Rua Carlos Chagas, 273 - Jardim Paulista.
Mais informações pelo telefone (16)3941 2722
Confira a programação completa do festival com sinopses:



26/04 (terça) 

19h - Shirley - Visões da realidade 

Gustav Deutsch. 92 minutos, 2013, Áustria.
As clássicas pinturas de Edward Hopper ganham vida através do incrível trabalho visual do cineasta Gustav Deutsch e do diretor de fotografia Jerzy Palacs. Uma jornada pelos Estados Unidos do século 20, visto através dos olhos de uma mulher que deseja fazer a diferença e das cores de um pintor icônico. Classificação indicativa: 12 anos.



21h - Cemitério do esplendor
Apichatpong Weerasethakul, 122 minutos., 2015, Tailândia/Reino Unido/ Alemanha/ França/ Malásia. Soldados com uma misteriosa doença do sono são trensferidos para um hospital provisório instalado em uma antiga escola abandonada. Jenjira torna-se voluntária para tratar de Itt, um belo soldado que ninguém vem visitar. No hospital, ela faz amizade com a jovem médium Keng, que utiliza seus poderes para ajudar os parentes a se comunicarem com os homens adormecidos. Um dia, Jenjira encontra o diário de Itt preenchido com palavras e desenhos estranhos. Talvez haja uma conexão entre a síndrome enigmática dos soldados e o mítico local em que o hospital se encontra. A magia, a cura, o romance e os sonhos misturam-se no frágil caminho de Jenjira em direção ao conhecimento profundo de si própria e do mundo a sua volta. Classificação indicativa: 12 anos.






27/04 - Quarta

19h - Jornada ao oeste 
Tsai Ming Liang, 56 minutos, 2014, França/ Taiwan.
Enquanto um homem exausto respira agitado à beira-mar, um monge budista, trajando vestes vermelhas, caminha a um ritmo imperceptível pelas ruas de Marseille, na França. O caminhar lento do monge chama a atenção dos pedestres das ruas movimentadas. A câmera revela pequenos e belos fragmentos da influência que esse caminhante incomum provoca nos habitantes da cidade, até o momento em que o monge ganha, enfim, um discípulo. Classificação indicativa: livre.





21h - Eu sou Ingrid Bergman
Stig Bjorkman, 114 minutos, 2015, Suécia.
Um documentário intimista sobre a vida de uma das mais premiadas atrizes da história do cinema três vezes vencedora e oito vezes indicada ao Oscar, Ingrid Bergman. O filme apresenta um material inédito como entrevistas, cartas, diários, e muitas imagens realizadas por Ingrid durante toda a sua vida, revelando aspectos da sua vida familiar e amorosa e suas relações com seus filhos e companheiros. Uma homenagem a uma lendalançada no ano do centenário de seu nascimento. Classificação indicativa: 10 anos.




28/04 - Quinta

19h - O cheiro da gente

Larry Clark, 88 minutos, 2014 - França
O fotógrafo e artista Larry Clark acompanha momentos da vida de um grupo de seis jovens parisienses, seus encontros entre o Museu de Arte Moderna e Palais de Tokyo e suas festas repletas de sexo, drogas e rock'n roll. As relações desses jovens com suas famílias, com o consumo, com o sexo e os relacionamentos, com a internet e a prostituição. Vinte anos após realizar Kids, Larry Clark volta a fazer um filme sobre a juventude, seus atos de ingenuidade, suas confusões e erros, e seus sentimentos de incompreensão e solidão. Classificação indicativa: 18 anos.





21h - A ilha do milharal 
George Ovashvili, 100 minutos, 2014 - Geórgia/Alemanha/França/República Tcheca/ Cazaquistão / Hungria.
Um camponês e sua neta cuidam de uma plantação de milho em uma ilha no curso do rio Inguri, divisa entre os países em conflito Goórgia e Abkhazia. As ilhas da região surgem e desaparecem com a força da água e do vento. A passagem do tempo, que desgasta e constrói as ilhas, marca o amadurecimento da jovem e a obstinação do velho camponês.  Duas vidas submetidas às forças da natureza e da guerra civil. Classificação indicativa: 12 anos.






29/04 - Sexta

19h - Tangerine

Sean Baker, 88 minutos, 2015 - EUA
Sin-Dee Rella, transexual e prostituta, retorna da prisão e descobre, através da sua melhor amiga Alexandra, e também trans, que está sendo traída pelo namorado e agenciador Chester. Sin-Dee parte então em busca de Chester e sua amante, a cisgênero Dinah. Sean Baker firma, munido apenas de um Iphone 5s, uma comédia-dramática natalina e revela uma Los Angeles diversa e melancólica. Classificação indicatriva: 16 anos.





21h- Cala a boca, Philip.
Alex Ross Perry, 109 minutos, 2014 - EUA.
Philip (Jason Scwartzman) é um prodígio literário pairando por Nova Iorque, prestes a lançar seu segundo livro, após o sucesso de seu romance de estreia. Ele está tenso, entediado e desesperado para sair da sua cidade e da rotina que tomou conta de seu relacionamento amoroso com a fotógrafa Ashley (Elisabeth Moss). Ike Zimmerman (Jonathan Pryce), um célebre escritor mais velho e ídolo pessoal de Philip, empresta sua casa de verão para o jovem escritor. O filme então acompanha Philip, orbitando entre Aslhey, Ike e suas outras relações afetivas, com seus questionamentos existenciais e criativos. Classificação indicativa: 12 anos.






SERVIÇO
Cinema - Circuito Indie Festival 
Dias: 26 a 29/04 (terça a sexta)
Horário: 19h e 21h 
Local: Teatro Minaz 
Endereço: Rua Carlos Chagas, 273 - Jardim Paulista 
266 lugares.

Grátis. Retirada dos convites com 1h de antecedência.














21 abr/16

Torta de Limão

postado por Carol Quartim




Ingredientes:


Para a massa:

250g de farinha de trigo
20g de açúcar
125g de manteiga gelada
1 ovo gelado
30 ml de água gelada se precisar

 

Para o recheio:

1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
¾ lata de suco de limão

 

Para o merengue:

½ xícara de clara ( aproximadamente 5 claras)
140 gramas de açúcar Raspas de limão


 

Modo de Preparo:

Começe preparando a massa. Eu como sou a favor da praticidade gosto de fazer essa massa no processador. Coloco todos os ingredientes, menos a água, no processador e bato, rapidamente, até formar uma massa. Se ela não formar a massa, aí sim acrescente a água aos poucos, batendo mais um pouco. Se preferir pode fazer o mesmo processo só que com as mãos, tente fazer com as pontas dos dedos, de maneira rápida, pra que a manteiga não derreta. Ter pedacinhos de manteiga que vão deixar a massa crocante. Agora é só fazer uma bola e achatar, e deixar na geladeira coberta por umas duas horas. Depois é só cobrir uma forma pra torta e levar pra assar em forno pré-aquecido a 200 graus, por aproximadamente 20 minutos, ou até dourar.

Para o recheio, bata todos os ingredientes no liquidificador, coloque em cima da massa da torta já fria e leve pra geladeira por pelo menos 2 horas.

Para o merengue, leve as claras e o açúcar ao fogo em banho-maria e mexa sem parar até o açúcar dissolver, a mistura não pode esquentar muito. Jogue a mistura na tigela da batedeira e bata até que o merengue esteja branco e brilhante.

Agora é só cobrir a sua torta com o merengue e colocar raspas de limão pra decorar.





Carol Quartim é mãe da Maria, cozinheira, corinthiana, e vencedora do programa "Cozinheiros em Ação" do canal GNT.
Gostou da receita? Para dicas e sugestões, escreva para farofaculturalribeirao@gmail.com


 

20 abr/16

Em breve: Jana Lima no Farofa Cultural

postado por Diogo Branco

Vem novidade por aí: Uma série de entrevistas com músicos de Ribeirão Preto que prometem agitar o Farofa!
Os mais variados assuntos e temas dentro do mundo da música serão discutidos de forma leve e descontraída.


12 abr/16

Você precisa pertencer

postado por Juliana Sfair

 
Intrigado, ele perguntou novamente: - Mas se você não é católica, espírita, evangélica. Você é o quê? Você tem mágoa de Deus?
Você não é casada? E filhos?
Nessas horas eu respiro fundo, penso e penso novamente antes de responder para não ser a grossa que estraga a fé alheia, como se fosse muito bonito ficar perguntando sobre religião para uma pessoa que está conversando pela primeira vez numa mesa de bar com mais cinco pessoas.
Colega, então existe a obrigação de pertencer a uma religião.  Mas quem é esse Deus que você tanto fala? Cada religião tem o seu Deus, me deixa ter o meu, aliás, acredito em muitos, sou plural.
Os rótulos, a culpa, o medo do pecado eu deixo pra você; deixo também o casamento infeliz, mulher ligando enquanto você quer me beijar. Isso não é coisa de “Deus”. Religião muitas vezes é uma estratégia de marketing bem burrinha para que a pessoa possa se esconder atrás dela.
E digo mais, que limitação mental é essa? O corpo é um templo, seja o SEU Deus. Abrace uma árvore, faça uma meditação, converse com o céu estrelado, mas, por favor: liberte-se!
 Deus expulsou Adão e Eva do paraíso e nessa confusão você também foi.
O mundo está saturado de gente que faz muita pergunta, mas não sabe nada sobre si.
 
Obs: Eu poderia muito bem construir um texto com argumentações filosóficas e tal, não quero. Deixo assim: direto, cru.



Juliana Sfair
Atriz e Escritora

11 abr/16

Djavan é atração confirmada em Ribeirão Preto

postado por Diogo Branco

Autor de grandes sucessos como "Flor de Lis", "Fato Consumado", "Eu te Devoro", "Meu Bem Querer" e "Se", o cantor e compositor Djavan apresenta o show "Vidas Pra Contar" no dia 10 de junho em Ribeirão Preto. Mote do show, o álbum "Vidas Pra Contar" (Sony Music, 2015), carimbou a autenticidade do compositor em safra de 12 músicas autorais.



Genialidade e talento é o mínimo que se espera de um show do Djavan. Neste novo show, a surpresa fica por conta da diversidade de estilos. Ele vai do xote (presente na canção "Música Nordestina") ao Bolero (na canção "Não é um Bolero"), passando por outros estilos já famosos na voz do artista, como samba e MPB.

Em entrevista recente à Folha de São Paulo, Djavan afirmou: "A variedade de estilos me acompanha desde que eu era bem pequeno. Eu sempre tive curiosidade sobre como se faz um bolero, uma valsa. Até hoje, é a graça da música. Começo a compor e aquilo vai ganhando uma forma e se encaixa em um determinado gênero"

O show se inicia com um espaço vazio inteiramente preto até que um grande livro se abre ao fundo, no centro do palco. Surgem então as primeiras páginas em branco, preenchidas por letras coloridas e linhas verticais que pouco a pouco invadem o cenário. O cenário e a direção de arte têm assinatura de Suzane Queiroz.

O público de Ribeirão Preto pode esperar por um show vibrante e cheio de entusiasmo. Com mais de 40 anos de sucesso, Djavan se renova e mantém o elo com a atmosfera jovial quando sobe ao palco.


SERVIÇO
Djavan apresenta show "Vidas Pra Contar"
Data: 10/06/2016
Horário:21h00
Local: Centro de Eventos RibeirãoShopping 
Endereço: Av. Coronel Fernando Ferreira Leite, 1540 - Jardim Califórnia 
Maiores informações:
Clique aqui.



06 abr/16

Restaurant Week chega a sua 4ª edição em Ribeirão Preto

postado por Diogo Branco

Na próxima segunda-feira (11) o festival gastronômico Restaurant Week começa oficialmente em Ribeirão Preto. Participarão do festival restaurantes e bistrôs da cidade, com menu temático "Clássicos com toques brasileiros".

O preço é fixo para todos os restaurantes que participam do festival. Para o almoço, o preço é de R$39,90 + R$1,00 (doado para instituição de caridade) e inclui entrada, prato principal e sobremesa. No jantar, o preço muda para R$51,90 + R$1,00 (doação), também com entrada, prato principal e sobremesa.


Dezesseis restaurantes consagrados participarão desta edição em Ribeirão Preto:


Bar do Alemão

Jantar:

Entrada: Salada Mix de Folhas ou Salada Caesar
Prato Principal: Frango Parmegiana ou Kassler Com Purê de Ervilhas e Cebola Tirolesa
Sobremesa: Mousse de Chocolate ou Pudim.





Mousse Cake - Unidades João Penteado, Ribeirão Shopping, Molina, Shopping Santa Úrsula e Sumaré.

Almoço:
Entrada: Carpaccio de abobrinha ou salada de rúcula com com pesto de azeitona e parmesão.
Prato Principal: Hambúrguer com cheddar, cebola caramelizada, arroz branco e fritas ou frango grelhado com arroz cremoso de limão siciliano e banana crocante.
Sobremesa: Torta mousse de limão com chocolate ou café ou torta mousse de chocolate branco e preto.

Jantar:
Entrada: Carpaccio de abobrinha ou salada de rúcula com pesto de azeitona e parmesão.
Prato Principal: Bife de Ancho com crosta de pão italiano e ervas e fettuccine Alfredo ou quiche de salada com alface, rúcula, tomate, alface roxa e filé de frango ou risoto de camarão.
Sobremesa: Torta mousse de limão com chocolate ou café ou torta mousse de chocolate branco e preto.




* O menu do festival é o mesmo em todas as unidades do Mousse Cake.



NUIT restobar

Jantar
Entrada:
Salada de mix de folhas ou mini porção de chips de pastel.
Prato Principal: Salmão em crosta de coco acompanhado de lâminas de abóbora e molho de limão cravo ou risoto de costela com chips de mandioca.
Sobremesa: Mousse de caipirinha ou frutas da estação.





Le Petit Bistrot

Jantar
Entrada: Tartar de salmão ou carpaccio de beterraba com queijo meia cura
Prato Principal: Dourada com crosta de castanhas ao molho de maracujá com risoto de champigons e ervilha ou Entrecôte ao molho de vinho e bacon com batatas ao forno.
Sobremesa: Panna Cotta com caldas de frutas vermelhas ou Brownie com sorvete de creme e calda de chocolate.






LU.CA Culinária de Origem

Jantar
Entrada: Crocante de lemon peper com carpaccio e rúcula ou tomate assado com mussarela de búfala e pesto de manjericão
Prato Principal: Cupim assado, farofa com banana e mandioca na manteiga ou massa fresca ao ragu de shititake e shimeji
Sobremesa: Panna Cotta com calda de goiabada ou pudim de leite de cabra com coco e calda de café. 






L' Entrecôte de Paris

Jantar
Entrada: Salada mix de folhas verdes, tomates grape nozes acompanhada de molho a base de mostarda dijon e iogurte.
Prato Principal: Entrecôte coberto com molho secreto da casa servido com fritas
Sobremesa: Crème Brûlée e Crème Caramel






L'Amore Ristorante

Jantar
Entrada: II Crostone: Pão torrado ao azeite de oliva, berinjela, ricotta italiana e orégano ou Mozzarella dello Chef: Mozzarella de búfala, cous cous, feijão e azeite à pimenta fresca.
Prato Principal: Ossobuco alla milanese: Ossobuco alla milanese, polenta com queijo parmesão ou Riso e gamberi: risotto de arroz Carnaroli, camarão, alho poró e limão.
Sobremesa: Panna Cotta: panna cotta, frutas vermelhas e suspiros crocantes ou Mille foglie: pasta folhada, crème Patissière e abacaxi.






Compotta Comida Casual

Jantar
Entrada: Salada de abobrinha italiana, muçarela de búfala e limão siciliano ou cuscuz marroquino, legumes perfumados com ervas frescas e especiarias.
Prato Principal: Biffe Wellington acompanhado por purê de batatas, funghi secchi e mostarda em grãos ou lombo de dourada acompanhado de nhoque de batata doce em manteiga de ervas frescas.
Sobremesa: Risotto de doce de leite com sorvete de creme artesanal e pó de canela ou pudim de chocolate belga com geleia de morango.






Calzone del Salento Ristorante 

Jantar
Entrada: Cornicione con pomodoro: Massa de calzone assada com azeite, molho de tomate e queijo parmesão ou salada verde: salada de alface americana, tomate cereja, croutons e lascas de parmesão.
Prato Principal: Calzone da Donna: Muçarela, tomate, muçarela de búfala, molho, tomate seco, orégano, azeitona preta sem caroço e rúcula ou  Calzone da Padella: Muçarela, filé mignon, molho, funghi, tomate, cebola, orégano e catupiry ou Calzone do Presidente: Muçarela, tomate, molho, bacalhau desfiado, cebola, azeitona preta sem caroço e catupiry ou Risotto Salmone: Arroz carnaroli, salmão grelhado, alho poró e cream cheese ou Grelhado de Filé Mignon com acompanhamento de risotto de parmesão com alho poró ou com acompanhamento de tagliatelle salsa, pesto.
Sobremesa: Torta de chocolate à moda palha italiana ou flan de limão siciliano com calca cítrica.








Bendito Burguer

Jantar
Entrada: Salada Caprese ou Dadinho de Tapioca com geleia de pimenta biquinho
Prato Principal: Bendito cordeiro: Pão de Cebola, Hamburguer de 180gr. de cordeiro, queijo gruyere, Agrião Baby e maionese de hortelã ou Bendito Burguer: Pão de Brioche, Hamburguer de 180 gr de funghi, queijo gouda, cebola caramelizada e bacon.
Sobremesa: Cheesecake de Nutella ou Gelado de Brownie.







Val Gastronomia

Jantar
Entrada: Salada Tropical (alface americana, tomate cereja, azeitona preta, pimenta biquinho e manga) ou Salada da Estação (alface americana, tomate cereja, ovo de codorna, azeitona verde, pepino).
Prato Principal: Ossobuco com purê de cabotiá e legumes ou Peixe: file de peixe com molho de camarão, arroz com amêndoas, e brócolis com palmito.
Sobremesa: Pavê de frutas com kiwi e morango, ou crosta de bolacha com sorvete de creme e calda de cacau.
















05 abr/16

Tempo acelerado

postado por Cristiane Bezerra



O ano acelera! O relógio do tempo tem pressa! Tudo urge! É pra já! Pro aqui e agora!
Imediatismo. Pouco tempo para permitir que o ciclo aconteça da maneira lenta e necessária.
Assim, atropelando tudo, o homem vai se enchendo de uma angústia sem fim.
De minha parte, apesar de me desdobrar e querer estar em muitos lugares quase ao mesmo tempo, tenho desacelerado o ritmo dos desejos...
Tudo está bem! Tudo é como deve ser! Tudo chegou! Está pronto! Do jeito que tem que ser! O que acontece, favorece, sempre!
Por vezes, a velha sensação de “saindo do corpo” me pega. Não sei se é a saudade de onde vim, não sei se é quando a tristeza pela falta de amor da humanidade se abate sobre mim.
Mas até nisto relaxo! Respiro lenta e profundamente. Sei que quando for a hora, estarei serena. Com Deus no comando.
Porém, enquanto aqui estiver, procurarei fazer o meu melhor, deixando uma marca de alegria e paz por onde passar, mas, acima de tudo, do imenso amor de Deus, que sinto e trago em mim.
Costumo dizer que o Ano começa em Março, mas começa, na verdade, simbolicamente, na Ressurreição do Cristo! Do Cristo que me habita, que me move! Assim, consigo a força necessária para sorrir e acreditar que tudo é possível.
E consigo crer que tudo será diferente.
O Brasil passa pelo seu melhor momento na minha opinião. De despertar. A conivência com o que acontecia de ruim não será mais possível ou tolerada.
Hora de reorganizar a casa, a estrutura de país, de Planeta. Hora de olhar para o Homem, para o mais importante, para a evolução espiritual e para a pacificação interior e exterior.
Sou assim, esperança por todos os poros, especialmente porque não mais sou eu a viver, mas o Cristo que aprendi a amar, respeitar e confiar, vivendo em mim.
Adoraria que todos os que se anunciam cristãos sentissem a mesma paz e espalhassem compreensão, o mesmo perdão e o amor irrestrito do Cristo. O paraíso? Estaria finalmente implantado na Terra!
 





Cristiane Framartino Bezerra
Escritora, historiadora, angelóloga, produtora cultural

crisframartino@hotmail.com
 

04 abr/16

Doodle do Google faz homenagem ao cantor Cazuza nesta segunda, 4 de abri

postado por Diogo Branco

Cazuza completaria 58 anos hoje. A versão brasileira do buscador Google está fazendo uma homenagem para o cantor brasileiro. Um desenho do cantor apresentando um de seus shows sob holofotes e uma multidão de fãs ilustra o logotipo do Google até o final do dia.




Agenor de Miranda Araújo Neto, o Cazuza, é considerado um dos maiores cantores e compositores brasileiros. O cantor começou sua carreira como vocalista da banda Barão Vermelho, junto com o músico Roberto Frejat, e teve uma trajetória de muito sucesso. Suas letras e frases são relembradas até hoje por seus inúmeros fãs. 

Ainda como integrante do "Barão", como era conhecida carinhosamente a banda, Cazuza emplacou sucessos como "Pro Dia Nascer Feliz", "Todo Amor que Houver Nessa Vida" e "Bete Balanço".

Pouco tempo depois de ingressar na Barão, Cazuza optou por seguir carreira solo, com sucessos como "Exagerado" e "O Tempo Não Para".