Música

22 set/17

Rock dos anos 80 é atração desta sexta no Milwaukee

postado por Diogo Branco

Banda Black InDex, de Franca, se apresenta no palco do Milwaukee American Bar nesta sexta-feira (22) com o especial Pop Rock Nacional e Internacional dos Anos 80



Sexta-feira (22) é dia de rock no Milwaukee American Bar, em Ribeirão Preto. O bar preparou uma programação para resgatar os maiores sucessos do pop rock dos anos 80. Para animar a noite, a banda de Franca (SP), Black InDex, sobe ao palco principal da casa e promete transportar o público para a década de 80, relembrando músicas nacionais e internacionais que ficaram na memória. A noite também contará com show de abertura do grupo Acústico em Sol. O valor de entrada será de R$ 5,00 (unisex) até às 20h, após esse horário o valor será de R$ 25 (homem) e R$ 20 (mulher).
 
Formada por André Canto (baixo e vocal), Zé Roberto (vocal), Gustavo Martins (guitarra e vocal), Gil Reis (teclado e vocal) e Bruno Bertoni (bateria), a Black Index tem como principais influências os grandes nomes do rock e pop rock. Trazendo repertórios especiais e arranjos únicos, a banda apresenta um show marcado pela sintonia com o público, com muita animação e diversão.
 
ALMOÇO FIM DE SEMANA
No sábado e domingo, a casa também abre para almoço a partir das 12h, com show ao vivo com a banda Composto Ativo. Com completo cardápio americano (diversos tipos de hambúrgueres, cachorros-quentes, batata-frita, saladas, massas e carnes), carta de vinho, cervejas artesanais e chope, o Milwaukee oferece espaço kids com monitores e opções de pratos infantis.
 
Milwaukee American Bar
Está localizado nas dependências da concessionária Harley-Davidson, em Ribeirão Preto. Foi inaugurado em outubro de 2014 e já é referência na cidade no quesito entretenimento, boa gastronomia e rock´ n’ roll, além de ser considerado o único grande american bar do mundo dentro de um complexo Harley Davidson. O bar tem capacidade para atender cerca de 550 pessoas e foi planejado para atrair públicos de diversas faixas etárias – entre jovens e famílias – que procuram em um bar-restaurante o melhor do rock, do jazz e do blues, além da gastronomia americana, chope gelado e diversos tipos de drinques e marcas de destilados. O espaço oferece dois palcos: um menor para apresentação da banda de abertura e o palco maior para grupos consagrados no cenário musical nacional e internacional. A programação do bar é extensa com apresentações diárias, exceto às segundas-feiras. O bar apresenta ainda um variado cardápio conceitual americano e diversos tipos de hambúrgueres, cachorros-quentes, batata-frita, saladas, massas e carnes.

15 set/17

Centro de Eventos do RibeirãoShopping recebe musical sobre Renato Russo

postado por Diogo Branco

Apresentação acontece no dia 4 de novembro, sábado, às 21h, e alia música e dramaturgia.



Suas músicas marcaram época e embalaram toda uma geração. No dia 4 de novembro os fãs de Renato Russo poderão reviver seus grandes sucessos em um musical que está há mais de 10 anos em cartaz e que, agora, a Virazóm traz ao Centro de Eventos do RibeirãoShopping.

O sucesso do espetáculo “Renato Russo, O Musical” se dá pela combinação perfeita das músicas de Renato Russo, que marcaram toda uma geração, somados à dramaturgia de Daniela Pereira de Carvalho, direção de Mauro Mendonça Filho, iluminação de Wagner Pinto, cenário de Bel Lobo e Bob Neri.

Além de tudo isso, o espetáculo traz a banda Arte Profana que toca ao vivo para delírio dos fãs, e também para os novatos, que ainda não conhecem a fundo a grande importância do astro do rock nacional no cenário artístico brasileiro. Renato Russo é interpretado pelo ator Bruce Gomlevsky.

A banda Arte Profana é formada por teclado, guitarra, baixo, bateria e ilustra com 22 canções a peça que conta a história de Renato Russo desde a juventude “punk” em Brasília, quando fundou a banda Aborto Elétrico e ficou por dois anos em uma cadeira de rodas até o sucesso da Legião Urbana. O quebra-quebra num show em Brasília e os problemas com drogas estão na encenação.

Depoimentos, reportagens, entrevistas, livros e imagens de shows serviram como base para a concepção da obra biográfica. “Renato é um grande poeta, e é por isso que continua causando comoção nas gerações de hoje. Sua obra gera um impacto enorme na nossa cultura”, afirma Gomlevsky.

Pontos de venda:
Bilheteria do Centro de Eventos e site 
www.ingressorapido.com.br
Informações: 16.3620-2266

SERVIÇO
Show Renato Russo
Data: 4 de novembro
Horário: 21h
Local: Centro de Eventos do RibeirãoShopping

Av. Cel. Fernando Ferreira Leite, 1540 - Jardim Califórnia, Ribeirão Preto/SP

21 ago/17

Bossa Nossa apresenta espetáculo que discute a relação de forma musical

postado por Diogo Branco

Espetáculo "Se não for pra me fazer voar bem alto, nem tire meus pés do chão" apresenta, através da música popular brasileira, um panorama das relações entre homem e mulher. Apresentações acontecem 25, 26 e 27 de agosto, no Teatro Santarosa de Ribeirão Preto.



Coro Cênico Bossa Nossa realiza o espetáculo “Se não for para me fazer voar bem alto nem tire meus pés do chão” nos próximos dias 25 (sexta), 26 (sábado) e 27 (domingo) de agosto, no Teatro Santarosa de Ribeirão Preto, com novas cenas e músicas. Com duração de 1h10, a produção apresenta, através da música popular brasileira, um panorama das relações entre homem e mulher, especificamente no campo afetivo.
 
Segundo Magno Bucci, diretor cênico do Bossa Nossa, durante uma pesquisa que durou mais de três anos, o grupo buscou cantar o homem e a mulher em algumas situações de amor e desamor, inclusive abrangendo as novas relações humanas não convencionais. “A escolha do tema passa por crivos de toda a ordem para assegurar a difusão do trabalho e também a qualidade e excelência do produto artístico musical”, explica. Participam deste espetáculo sete cantores e cantoras, todos caracterizados com figurinos especiais, que interpretam músicas de grandes nomes da MPB, como Chico Buarque, Itamar Assumpção, João Bosco e Aldir Blanc, Pedro Luís e Carlos Rennó, Lupicínio Rodrigues, Lenine, Francisco Alves e Nilton Barros, Dolores Duran e até Mamonas Assassinas.
 
A escolha do repertório também foi pensada cuidadosamente, segundo Magno Bucci, para reunir compositores que tiveram a sensibilidade em retratar a relação afetiva do ser humano com poesia, transformando assim, muitas vezes, a dor da separação ou da perda em canto. Em outros momentos, o humor também é usado para retratar essas situações. “É essa relação e seus desdobramentos entre eles que interessa apresentar artisticamente. Cantando a relação em vários tons, em vários momentos, em diferentes situações”, explica Bucci.


 
Proposta
A proposta do espetáculo, segundo Magno Bucci, não é contar uma história  de sonhos, linear e romanceada, em que o homem e mulher se conhecem, namoram, casam e, pouco tempo depois, pequenas brigas geradas pela convivência se instala. “E depois navegarem por um “mar de rosas em uma alternância que umas vezes torna-se perene, outras vezes se rompe – drástica, serenamente ou ressentida”, destaca. Bucci explica que, os encontros e desencontros, em qualquer fase da relação, são frequentes: as voltas e reviravoltas são diárias, risos e choros cotidianos, amor e desamor que se renovam a cada dia. “Portanto, do ponto de vista da Bossa, para efeito de sequenciar as canções, o espetáculo pode ter qualquer começo, qualquer meio, qualquer fim”, acrescenta. É desta forma, que o espetáculo é estruturado: em blocos independentes que podem ser apresentados em sequências diversas e autônomas. O “primeiro” bloco, por exemplo, tem início com o coro “discutindo” fora de cena, que mostra a discussão entre homens e mulheres. O coro entra em cena posiciona-se e começa cantar Luzia, de Itamar Assumpção; na sequência dessa ação “litigiosa”, o coro canta Valsa Brasileira , de Chico Buarque, que é oposta a primeira canção: uma ode autêntica. Em seguida, canta-se Fogo e Gasolina, de Pedro Luís e Carlos Rennó (o título da canção retrata bem a relação: atração).


Agenda
25/08 (sexta-feira) – 20h30
26/08 (sábado) – 20h
127/08 (domingo) – 18h


Serviço
Local: Teatro Santarosa
Praça Rotary Club, 325 - City Ribeirão - Ribeirão Preto/SP
Telefones: 3916.1350 / 3916.2317
Valores ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia) / R$ 15,00 (antecipado)
Pontos de vendas: Teatro Santarosa  e Cineclube Cauim (Rua São Sebastião, 920 – Centro) - Ribeirão Preto/SP - Telefone: (16) 3443.1544

14 jun/17

Feira Nacional do Livro termina com poesia e música de Arnaldo Antunes

postado por Diogo Branco

Poeta vencedor do Prêmio Jabuti do ano passado, Arnaldo Antunes roubou a cena do último dia da 17ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto, neste domingo (11). O cantor e compositor revelou para mais de mil pessoas, as influências e caminhos da sua força poética que vem da contracultura e da música popular brasileira - durante a Conferência realizada às 16h. Às 18h30, com toda sonoridade e magnetismo de sua arte, ele apresentou o show intimista  “A Casa é Sua”, ao lado dos músicos Chico Salem e André Lima.


 
Durante a Conferência, mediada pela professora do curso de Pedagogia do Centro Universitário Moura Lacerda, Giane Fregolente, Arnaldo Antunes destacou momentos essenciais de sua carreira e de sua produção artística. A música e a poesia foram os principais temas que conduziram a conversa. As primeiras questões abordaram o início da carreira do artista e levantaram suas fontes de inspiração. Ele revelou que nomes como: Caetano Veloso, Milton Nascimento, Luiz Melodia, Paulo Leminski, os irmãos Haroldo e Augusto de Campos, Décio Pignatari, Vinícius de Moraes, entre outros, foram definitivos para sua formação artística.  “Eu cresci com uma influência muito forte da música popular brasileira e também da contracultura, através dos livros e revistas de poesia”, contou Arnaldo. Ele disse que sempre acompanhou o trabalho de poetas que vinham do universo da canção e do movimento da poesia concreta”, completou.
 
A mediadora também o abordou sobre os elementos visuais utilizados por ele em seus livros e em outros objetos que transforma em poemas. Arnaldo esclareceu que  o uso desses recursos gráficos é uma forma de dar novos sentidos ao texto e ampliar a capacidade de significação da linguagem. “Isso se assemelha à palavra cantada durante uma música, que pode ter diferentes sentidos, dependendo da entonação e da interpretação”, explicou.
 
Sobre o tema educação, contou situações de sua vida escolar, revelando como foi seu contato com a escola em diferentes fases, bem como ela o incentivou a se interessar pelas artes e como contribuiu para sua formação pessoal e profissional.



 
O artista conversou com o público e respondeu a questões sobre diversos temas como a evolução da comunicação, a arte do fanzine, as influências da tecnologia na música, o processo de criação artística, educação, política, entre outros. Ao final ele desabafou: “a política atual do Brasil me traz um profundo sentimento de vergonha” e deixou em alto e bom tom a mensagem de que o país precisa de uma renovação urgente.
 
Praticamente em casa
Durante apresentação do show “A Casa é Sua”, Arnaldo Antunes explorou com liberdade uma nova sonoridade e revelou as canções de outro modo, evidenciando mais as letras. O repertório, que garantiu o coro afinado da plateia passeou por músicas de toda sua carreira, como “Não Vou Me Adaptar”, “Saiba”, “Meu coração”, “Muito muito pouco” e incluiu algumas canções de seu mais novo trabalho, “Já É”, como “Naturalmente, naturalmente” e “Põe fé que já é”.
 
O artista também apresentou canções escritas em parceria com Paulo Miklos (“Fim do dia”), Marisa Monte e Carlinhos Brown (“Consumado”), Liminha (“Invejoso”), Alice Ruiz (“Socorro”), entre outras.
 
Arnaldo Antunes integrou o grupo Titãs, com o qual gravou sete discos. Em carreira solo desde 1992, já lançou diversos discos, entre eles Nome, Ninguém, O Silêncio, Um Som, Saiba, Qualquer, Ao Vivo no Estúdio, Ao Vivo Lá em Casa, Acústico MTV, Já É, Tribalistas (com Marisa Monte e Carlinhos Brown), o projeto infantil Pequeno Cidadão, entre outros.
 
O artista possui vários livros publicados no Brasil, como: “Psia”, “Tudos”, “As coisas”, “2 ou + corpos no mesmo espaço”, “40 escritos”, “Como é que chama o nome disso”, “N. D. A.” e seu último lançamento “Agora aqui ninguém precisa de si” na Espanha (Doble Duplo) e em Portugal (Antologia) - obra que foi classificada como o primeiro lugar da categoria Poesia no Prêmio Jabuti de 2016. 
 
Pré-Lançamento  
Na abertura do show de Arnaldo Antunes, a diretoria da Fundação do Livro de Ribeirão Preto anunciou o formato da 18ª edição da Feira Nacional do Livro de Ribeirão que terá como tema “As Histórias que os livros contam e as leituras que a gente faz. Como em todos os anos, a feira fará homenagem a um país – e o escolhido foi Uruguai.  Quanto aos autores celebrados, o escritor principal será Sérgio Buarque de Holanda. Autor educação escolhido é Antônio Candido; a autora infantojuvenil será Marina Colasanti; autor local, Camilo Xavier e a professora homenageada, Heloisa Martins Alves. Como patrono, a feira indicou o advogado Sérgio Roxo da Fonseca.
 
Feira Nacional do Livro
Reconhecida como um dos principais eventos nacionais de literatura, a Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto trouxe em sua 17ª edição o tema "Do conhecimento que liberta ao amor que educa - o livro na escola".
 
Durante a organização do evento, a Fundação do Livro e Leitura contou com o apoio de diversos parceiros que possibilitaram uma abrangência ainda maior da feira na cidade, como o SESC, Senai, Senac, universidades, Diretoria Regional de Ensino e entidades locais, além do apoio de empresas e organizações e da valorização cultural, o que consagra a grandiosidade do evento.
 
A 17ª Feira Nacional do Livro foi realizada em 13 espaços simultâneos, onde foram realizadas mais de 260 atividades culturais, com a presença de 130 autores. Estiveram incluídos espaços já tradicionais da feira como Theatro Pedro II, Centro Cultural Palace, Biblioteca Altino Arantes, Biblioteca Padre Euclides, SESC,  Praça do Leitor (na Praça XV de Novembro), além de outras áreas como ACI Ribeirão Preto, Sede da OAB Ribeirão Preto, Shopping Iguatemi, Sincovarp, Teatro Marista, Tenda SESC (na Praça Carlos Gomes) e Palacete 1922.
 
Como em todos os anos, o evento prestou homenagem a um país – e o escolhido foi Portugal, berço da Língua Portuguesa; o escritor principal foi Fernando Pessoa - ícone da literatura portuguesa; autor educação escolhido, César Nunes; autor infantojuvenil, Ricardo Azevedo; autor local foi Rosa Maria de Britto Cosenza; patrono foi indicado o empresário e fundador do Sistema Coc, Chaim Zaher. Neste ano, a Feira apresentou uma novidade: a modalidade de professor homenageado e o nome indicado foi o de Maris Ester de Souza – professora da rede de ensino local.
 
Realização
O Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Usina Alta Mogiana e Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto apresentam a 17ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto com Patrocínio Ouro de Usina Alta Mogiana. Patrocínio Prata de Ambient, Savegnago Supermercado, Grupo Moreno e Gás Brasiliano. Patrocínio Bronze do Centro Universitário Estácio de Ribeirão Preto, Grupo Maubisa, Pedra Agroindustrial, Grupo São Francisco, Tonin Superatacado, Usina Vertente e Tereos. Patrocinadores: ACIRP (Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto), Banco do Brasil, Shopping Iguatemi Ribeirão Preto, Interunion, Mineração Jundu, Passalacqua, Sasazaki, Madeiranit. Instituição Cultural: SESC - Serviço Social do Comércio. Parceiros Culturais: CBL  (Câmara Brasileira do Livro), Fundação Dom Pedro II e Theatro Pedro II, Santa Helena, Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), Sesi (Serviço Social da Indústria) e Unaerp (Universidade de Ribeirão Preto). Apoio Cultural: Centro Universitário Barão de Mauá, Centro Universitário Moura Lacerda, Heurys Tecnologia, Livraria Cultura, Monreale Hotel - Ribeirão Preto, NW3 Comunicação, Verbo Nostro Comunicação Planejada, EPTV, Jornal A Cidade, Rádio CBN, G1, A Cidade On.Apoio: Secretaria Municipal da Cultura, Secretaria Municipal da Educação, Secretaria Municipal do Turismo, Secretaria Municipal de Assistência Social, Diretoria de Ensino Região de Ribeirão Preto, Câmara Municipal, Centro Cultural Palace, Rádio 79, TV Thathi, Biblioteca Altino Arantes e Fundação Educandário, Colégio Marista, Biblioteca Padre Euclides, OAB, Sincovarp, IPCCIC (Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais), Ribeirão Preto Film Comission, Atlântica Simbios, Amaeco, Recicla Bytes, Coderp, Daerp, Transerp, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Usina São Martinho, Lotérica Galeria. Realização: Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Governo do Estado de São Paulo - Secretaria da Cultura, Ministério da Cultura e Governo Federal.
 
Sobre a Fundação
Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade - hoje considerada a segunda maior feira a céu aberto do país, realizada tradicionalmente no mês de junho. 
 
Com uma trajetória sólida e projeção nacional e internacional, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura com calendário de atividade durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do Proac.
 
 

07 jun/17

Banda A Nova Ordem é atração deste sábado no Milwaukee American Bar

postado por Diogo Branco

Com um repertório com o melhor do rock dos anos 2000, banda A Nova Ordem se apresenta neste sábado (10) no palco principal



Neste sábado (10) o Milwaukee American Bar, de Ribeirão Preto, recebe novamente uma atração já aclamada pelo público da casa. Trazendo um repertório com o melhor do rock nacional e internacional dos anos 2000, a banda A Nova Ordem se apresenta no palco principal e promete um show marcante. A noite ainda terá um show de abertura com a banda Lady Tonha. O valor da entrada neste sábado é R$ 5,00 (homem e mulher) - das 18 às 20h. A partir deste horário, o valor será R$ 25,00 (homem) e R$ 20,00 (mulher).

Apresentando um repertório que mistura grandes sucessos e clássicos conhecidos do público, a banda Nova Ordem (ex Arkadia) faz um tributo a alguns dos maiores nomes do rock nacional e que influenciaram diversas gerações, como Capital Inicial, Barão Vermelho e Cazuza.
 
Milwaukee American Bar
Está localizado nas dependências da concessionária Harley-Davidson, em Ribeirão Preto. Foi inaugurado em outubro de 2014 e já é referência na cidade no quesito entretenimento, boa gastronomia e rock´ n’ roll, além de ser considerado o único grande american bar do mundo dentro de um complexo Harley Davidson. O bar tem capacidade para atender cerca de 550 pessoas e foi planejado para atrair públicos de diversas faixas etárias – entre jovens e famílias – que procuram em um bar-restaurante o melhor do rock, do jazz e do blues, além da gastronomia americana, chope gelado e diversos tipos de drinques e marcas de destilados. O espaço oferece dois palcos: um menor para apresentação da banda de abertura e o palco maior para grupos consagrados no cenário musical nacional e internacional. A programação do bar é extensa com apresentações diárias, exceto às segundas-feiras. O bar apresenta ainda um variado cardápio conceitual americano e diversos tipos de hambúrgueres, cachorros-quentes, batata-frita, saladas, massas e carnes.
 
Milwaukee American Bar
Endereço: Avenida Francisco Junqueira, 2843 (Ribeirão Preto Harley-Davidson) – Ribeirão Preto (SP)
Telefone: (16) 3289.6069 / 99627-1518
Fanpage: 
www.facebook.com/milwaukeeamericanbar
Horário de funcionamento: de terça a sábado – a partir das 18h (happy hour, jantar, bar e shows). Todos os sábados, domingos e feriados, a partir das 12h (almoço).
Valores: 3ª feira: R$ 8,00 (homem e mulher) / 4ª feira: R$ 10,00 (homem e mulher) / 5ª feira: R$ 12,00 (mulher) e 17,00 (homem) / sexta e sábado: das 18 às 20h - R$ 5,00 (homem e mulher), a partir das 20h - R$ 25,00 (homem) e R$ 20,00 (mulher). *Em shows especiais são cobrados outros valores.
Obs. Entrada livre de 3ª e 4ª feira, até às 20h30 e quinta e sexta até às 20h. *Excepcionalmente, quando se apresentam grandes nomes do cenário nacional ou internacional, a entrada livre não vigora

06 jun/17

Duas Bandas vencem o Concurso do Festival João Rock

postado por Mateus Barbassa

Pela primeira vez, duas bandas vencem concurso do Festival João Rock


Machete Bomb, de Curitiba/PR, e NDK, de Jundiaí/SP, abrem a programação musical do evento que será realizado em Ribeirão Preto no próximo sábado, dia 10 de junho. Final do concurso aconteceu neste sábado, dia 03, no Goa Lounge.

 

Um empate técnico durante apresentação das três bandas finalistas do concurso do Festival João Rock fará com que, pela primeira vez, dois grupos dividam o Palco principal do evento para sua abertura oficial. Machete Bomb e NDK se apresentarão em um formato inédito no JR – tocando individualmente e depois juntas, realizando um encontro no mesmo espaço que receberá nomes como CMP 22, O Rappa, Emicida e convidados, Armandinho, Humberto Gessinger, Nando Reis, Capital Inicial e Pitty.

“Foi uma quebra total de protocolo e uma disputa bastante concorrida. A final foi de altíssimo nível e houve um empate técnico. Os três grupos participantes desta etapa do concurso levantaram a plateia. Agora demos o desafio para os dois vencedores compartilharem o palco e promoverem uma parceria criativa, seguindo a tradição de encontros que acontece nos palcos do festival.  Eles foram convidados a ensaiarem juntos, em um estúdio local, e criarem um show digno do palco João Rock”, comenta Marcelo Rocci, diretor artístico do festival e presidente do júri.

A audição ocorreu no Goa Lounge, em Ribeirão Preto, no último sábado, da 03, e reuniu ainda outra banda finalista, a Tr3vo, de Santos/SP. Cada uma teve 30 minutos para cantar músicas autorais e covers, ao vivo. Nesta avaliação final, o júri levou em conta os quesitos presença de palco, técnica e repertório.

As 3 foram selecionadas após figurarem entre as 20 bandas mais votadas pelo público na primeira fase do concurso, que contabilizou mais de 20 mil votos no total e 357 artistas participantes, movimentando o universo musical independente do país.

As vencedoras

Vinda de Curitiba/PR, a Machete Bomb investe numa mistura de rock, samba e rap, trazendo para suas composições e performances as influências dominantes na formação musical de seus componentes. “Heavy Samba” é uma das apostas da banda que foi fundada em 2013.  



A NDK, de Jundiaí/SP, nasceu de uma brincadeira de escola e já tem mais de 10 anos de carreira, dois discos autorais gravados, singles e clipes nas redes sociais. O som é carregado de guitarras e as influências vão de Planet Hemp a O Rappa.


 

Serviços

Data: 10 de junho de 2017
Local: Parque Permanente de Exposições de Ribeirão Preto
Palco João Rock: Machete Bomb, NDK, CPM 22, O Rappa, Emicida e convidados, Armandinho, Humberto Gessinger, Nando Reis, Capital Inicial e Pitty
Palco Brasil - Edição Nordeste: Zé Ramalho, Lenine, Nação Zumbi e Alceu Valença
Palco Fortalecendo a Cena: Medulla, Selvagens a Procura de Lei, 3030, Haikaiss e Cidade Verde Sounds
Ingressos: Através do site oficial www.joaorock.com.br e dos pontos físicos nas lojas Ophicina no Shopping Iguatemi Ribeirão Preto e do Novo Shopping

02 jun/17

João Rock 2017

postado por Mateus Barbassa

João Rock: 18 BANDAS BRASILEIRAS DE ROCK E GÊNEROS PARCEIROS, ACONTECE DIA 10 DE JUNHO EM RIBEIRÃO PRETO

50 mil pessoas são esperadas no evento que colocou o interior de São Paulo na rota dos grandes festivais do país


 

A cena do rock nacional e seus subgêneros tem um forte aliado em uma militância fiel no interior de São Paulo. O João Rock, evento que em 2017 chega à sua 16a edição, tem mantido ao longo destes anos sua fidelidade aos ritmos parceiros do rock, enfatizando os talentos nacionais e abrindo espaço para os novos nomes da cena – que inclusive têm um palco exclusivo.

A programação do evento, que acontece no próximo dia 10 de junho no Parque Permanente de Exposições de Ribeirão Preto, tem 18 bandas confirmadas em três palcos.

O Palco João Rock - dividido em duas estruturas para apresentação non-stop – receberá Humberto Gessinger, CPM22, O Rappa, Emicida e convidados, Nando Reis, Capital Inicial, Armandinho e Pitty. Neste espaço também se apresenta a banda vencedora do concurso promovido pela organização do evento.

Estreando no JR neste ano, está o Palco Brasil – Edição Nordeste que fará uma homenagem à região trazendo Zé Ramalho, Lenine, Nação Zumbi e Alceu Valença. 

No Palco Fortalecendo a Cena os shows são com as bandas Medulla, Selvagens à Procura de Lei, 3030, Haikaiss e Cidade Verde Sounds.

Além das atrações musicais o evento também conta com área de esportes radicais e espaço de arte e interatividade com painéis para grafiteiros. A estrutura completa conta com mais de 100 mil metros quadrados.

Ingressos esgotados

Pelo quinto ano consecutivo, o João Rock teve os ingressos de pista esgotados com antecedência. Faltando 2 meses para o evento, já não era mais possível encontrar acessos para este setor.

“Temos uma demanda grande para o Festival, exatamente porque existe um público, principalmente no interior de São Paulo, que é carente de atrações fieis ao rock e seus subgêneros”, explica Luit Marques, um dos organizadores do evento.


 

Festival João Rock – Ribeirão Preto - SP

Data: 10 de junho de 2017

Local: Parque Permanente de Exposições de Ribeirão Preto

Palco João Rock: Banda Vencedora do Concurso de Bandas, CPM 22, O Rappa, Emicida e convidados, Armandinho, Humberto Gessinger, Nando Reis, Capital Inicial e Pitty

Palco Brasil – Edição Nordeste: Zé Ramalho, Lenine, Nação Zumbi e Alceu Valença

Palco Fortalecendo a Cena: Medulla, Selvagens a Procura de Lei, 3030, Haikaiss e Cidade Verde Sounds

Mais informações e ingressos: www.joaorock.com.br

31 mai/17

Anitta lançou hoje seu single em espanhol "Paradinha"

postado por Diogo Branco

A cantora Anitta divulgou hoje sua nova música "Paradinha", seu primeiro singe em espanhol. 
A cantora está cada vez mais focando a música internacional, e até cantou pela primeira vez num programa da TV americana na última semana com Iggy Azalea.



29 mai/17

John Mayer anuncia cinco shows no Brasil em outubro

postado por Diogo Branco

O cantor John Mayer anunciou nesta segunda-feira (29) sua segunda vinda ao Brasil. Ele fará cinco shows no país em outubro.



Vencedor de sete Grammys, Mayer começa sua passagem pelo país em São Paulo, onde se apresenta no Allianz Parque no dia 18 de outubro.
Depois, ele segue para Belo Horizonte no dia 20, na Esplanada do Mineirão. Em seguida, o cantor se apresenta em Curitiba, na Pedreira Paulo Leminski, no dia 22. Ainda no sul, ele faz show no dia 24 em Porto Alegre no Anfiteatro Beira-Rio e, por fim, se apresenta no Rio de Janeiro na Arena Jeunesse no dia 27.Mayer divulga seu novo álbum "The Search For Everything" na sua terceira turnê mundial, que teve início em Albany, Estados Unidos.
Os ingressos para os shows no Brasil variam de R$ 120 a R$ 1.000. A pré-venda para clientes Ourocard começa nesta sexta-feira, 2 de junho e a venda para o público geral inicia na segunda-feira, dia 5.

27 mai/17

Anitta faz sua estreia na TV americana, ao lado de Iggy Azalea

postado por Diogo Branco

Focada na carreira internacional, a cantora Anitta segue dando grandes passos.
Na noite desta sexta-feira, 26, a cantora fez sua estreia na TV americana, cantando ao lado de Iggy Azalea no programa do Jimmy Falon. As duas lançaram, recentemente, o single "Switch", que teve seu clipe vazado na web antes do previsto, e continuam com uma forte parceria musical. Os fãs de Anitta até dizem que Iggy está ganhando uma boa visibilidade aqui no Brasil também, já que não era tão conhecida assim por aqui.

Jimmy Fallon é o queridinho das celebridades norte-americanas. Seu talk-show é um dos mais assistidos no mundo todo, e tem costume de receber os artistas mais consagrados da música Pop.

Confira abaixo como foi a performance de Iggy Azalea feat. Anitta:






26 mai/17

Nick Jonas lança single

postado por Diogo Branco

Nick Jonas lançou nesta sexta-feira (26), o single “Remember I Told You”, com as colaborações de Anne-Marie e Mike Posner.



O cantor reuniu os interpretes dos hits “Rockabye” (Clean Bandit) e “I Took a Pill in Ibiza” em uma canção dançante. Escute abaixo 





26 mai/17

Mallu Magalhães lançou hoje o single "Navegador''

postado por Diogo Branco

Uma semana após lançar - e causar polêmica - com o clipe da música "Você Não Presta", a cantora Mallu Magalhães divulgou hoje seu novo single, "Navegador".
Confira:




A sedutora balada é o segundo single do álbum "Vem", produzido por Marcelo Camelo e programado para ser lançado em junho deste ano.

O que acharam da música?
Escrevam para farofaculturalribeirao@gmail.com



24 mai/17

Roberta Vieira apresenta o show

postado por Diogo Branco

Espetáculo acontece no dia 20 de junho e integra a programação do projeto "Amigos da Casa", que valoriza artistas ribeirão-pretanos.



A cantora ribeirão-pretana Roberta Vieira se apresenta no Theatro Pedro II, no dia 20 de junho, às 20 horas. Seu novo espetáculo autoral “Canto Males Espanto” terá composições próprias e em parceria com músicos instrumentistas conceituados. Durante o show Roberta estará acompanhada pela sofisticada banda Datz Jazz Band, somando 16 músicos no palco.

O espetáculo também conta com convidados especiais, como Wagner Ferreira, Carla Portinari, Camilo Calandreli e Márcio Coelho, que farão um dueto com Roberta Vieira, além de Luigi Stefani, no piano e vocal, Fabrizio Stefani, na guitarra e vocal, e Carlinhos Barbosa, no violão e vocal. Roberta também canta com Alessandro Machado e Fernando Pachioni, que fazem parte da banda e são parceiros em músicas autorais.

O repertório reúne músicas da MPB e canções internacionais que influenciaram as composições apresentadas no show. Entre elas, “I love you just the way  you are” (Barry White), “Lilás” (Djavan), “Pássaro” (Sá e Garabyra) e “Piazza Navona” (Roberta Vieira).

Roberta Vieira é vocalista, compositora e já participou, em 2012 e em 2014 da Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto. Ela gravou seu primeiro CD chamado “Instantes”, em 2011, no qual fez dueto com Toquinho e Roberto Menescal. Já se apresentou na Itália, em 2013, interpretando canções italianas e da MPB, com os músicos italianos Gino D´Ignazio e Bruno Benvenuto.

A artista é professora de italiano e, por meio de sua forte ligação com a Itália, idealizou o projeto “Solare”, espetáculo com músicas italianas, apresentado em 2014, no Theatro Pedro II, que resultou na gravação de um DVD e CD, lançados em 2016.

O show faz parte do projeto Amigos da Casa, idealizado pela Fundação Pedro II, para valorizar os artistas locais. Os ingressos para a apresentação têm preços populares, sendo R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
.


Serviço
Data: 20 de junho
Horário: 20 horas
Ingressos à venda
Theatro Pedro II (rua Álvares Cabral, 370)
Informações: (16) 3977-8111
Livrarias Paraler (avenida Capitão Adélmio Norberto da Silva, 786)
Informações: (16) 2101-7900
Valor: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

22 mai/17

Noite de veteranos no Billboard Music Award 2017

postado por Diogo Branco

Ontem rolou a 25º edição do Billboard Music Awards, que reuniu algumas das principais estrelas da música em Las vegas.
Drake, grande premiado da noite, bateu o recorde, com 13 prêmios em uma noite, sendo que o recorde anterior pertencia a Adele.



No palco, a noite foi dos veteranos. Celine Dion cantou "My Heatr Will Go On", música que a consagrou, em comemoração aos 20 anos do filme Titanic. De pé, o público ovacionou a cantora canadense ao fim da apresentação.

A homenageada da noite com o foi Cher, que recebeu o prêmio de Ícone da Música e cantou o hit Believe e If I Could Turn Back Time.
Aos 71 anos de idade, e 50 de carreira, a cantora ousou no look e foi considerada o grande destaque da noite.
Não preciso nem dizer que os fãs da diva pop foram a loucura, né?









20 mai/17

Mallu Magalhães lança single "Você não Presta"

postado por Diogo Branco

A cantora paulistana Mallu Magalhães caiu no samba!

Em seu novo álbum, "Vem", gravado em Portugal, a cantora cria contraponto com o ar bossa-novista de seus álbuns anteriores.

A música "Você Não Presta", que também faz parte desde novo CD, foi lançada ontem nas plataformas digitais.
O CD tem produção de Marcelo Camelo
Confira: